Logo Mundo da Notícia

Meteorito que caiu na Rússia deixa 950 feridos

Postado por Admin | Categoria: Informação | 15/02/13

Caiu hoje sexta-feira na Rússia na região de Urais um meteorito deixando vários feridos. O fenômeno aconteceu no mesmo dia que estava marcado para outro meteoro passar bem próximo a terra a somente 27 mil quilômetros, porém dizem os cientistas que os fenômenos são distintos, e não passa de uma conhecidência.

Russian-fireball-Feb15_2013orange

O outro asteroide se aproximará do planeta às 17h25, horário de Brasília de hoje, e os melhores pontos para vê-lo serão no Leste da Europa, a Ásia e a Austrália. A passagem será rápida e os especialistas garantem que não há riscos de algum tipo de colisão com a Terra e nem com os satélites de comunicação que ficam acima da linha do equador. O asteroide vai passar próximo ao polo sul do planeta.

O meteorito caiu na Rússia danificando vários prédios na região. Muitas pessoas conseguiram filmar a hora da queda, onde é visível ver que deu-se uma escuridão em seguida de um clarão, assustando muitas pessoas.

“Havia vários fragmentos bastante grandes (do meteorito) que chegaram até a Terra”, afirmou Vladimir Puchkov, ministro para Situações de Emergência da Rússia, segundo as agências locais.

No começo, as pessoas pensavam que se tratava de uma chuva de meteoritos, o que foi desmentido pela agência espacial russa, Roscomos, que confirmou que se tratava de “um corpo celeste, um meteorito, que se movimentava a uma velocidade de 30 quilômetros por segundo a uma trajetória baixa”.meteorito150213

Cientistas russos improvisaram um laboratório na área para estudar os restos do meteorito que foi batizado como o nome de “Bólido de Tcheliabinsk”, já que é nessa região dos Urais onde caiu o corpo astral.

Os cientistas afirmaram que o meteorito tinha cerca de 50 toneladas de peso, enquanto outros especialistas disseram que seu diâmetro media entre um e vários metros.

As autoridades do pais calculam em 100 mil metros quadrados os vidros das janelas que quebraram pelos ares devido às explosões, o que deixou centenas de casas desprotegidas em pleno inverno.

Segundo o Ministério da Saúde da Rússia, duas pessoas estão internadas em estado grave e outras 22 que apresentam diversos traumas, ferimentos e cortes, muitos deles provocados por vidros das janelas.RUSSIA-METEORITO

Outra preocupação é o aumento dos níveis de radiação, é aconselhável as pessoas que moram na região ficarem em casa e fechar as janelas.

No entanto, não foi registrado um aumento dos níveis de radiação, o que foi confirmado pelo chefe sanitário russo, Gennady Oníschenko.

O mesmo funcionário pediu para população local que não tenha pânico, argumentando que os níveis de radiação estão dentro da norma e que nas povoações afetadas há calefação, luz e água.

Compartilhe:
Deixe um comentário com o seu Facebook:
Deixe um comentário